quinta-feira, 28 de setembro de 2017

FIM DO FINANCIAMENTO PÚBLICO DE CAMPANHA

Olá, nos últimos dias a nação assiste estarrecida membros do congresso nacional tentando aprovar o financiamento público de campanha, com um fundo de mais de R$2.000.000.000,00 (DOIS BILHÕES DE REAIS) de dinheiro público que seria utilizado pelos candidatos para fazer campanha política.

Não concordo com a utilização de um montante tão grande de dinheiro público, que poderia estar sendo usado para melhorar a educação, saúde, segurança, as nossas estradas, construir saneamento básico, etc, para financiar propaganda política.

Penso que quase ninguém deste país concorda com isso.

Então, além de reclamar no Twitter, coisa que também fiz muito, resolvi agir.

Propus uma ideia legislativa no site do Senado para acabar com o financiamento público de campanha.

https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=91124&voto=favor

Pela proposta, que poderá virar lei se tiver mais de 20.000 apoios, qualquer espécie de financiamento público para campanhas políticas eleitorais será proibida, inclusive os recursos provenientes do fundo partidário. As campanhas políticas eleitorais somente poderão ser financiadas por doações de pessoas físicas, no valor máximo de 5% do imposto de renda.

Dessa forma o dinheiro público não será gasto com campanhas políticas eleitorais e poderá ser utilizado na educação, saúde, segurança, etc Candidatos que tiverem empatia popular conseguirão financiar livremente suas campanhas.

Assim, se você também é contrário ao financiamento de campanhas com nosso dinheiro, apoie essa ideia.

Clique aqui para ir até o site do Senado e votar pela proibição do uso de dinheiro público em campanhas políticas.

Abraços!

Compartilhe!

Siga-nos no Twitter: @dtoemcapsulas

Veja também:

ITCD: lançamento e decadência

Herança: incide ITCD sobre todo o monte?



Nenhum comentário:

Postar um comentário