domingo, 14 de junho de 2015

O que é Educação a Distância??

Sim, o título não tem crase! hehehe



Muito se diz atualmente sobre a educação a distância, porém não há exatamente uma definição seu significado e método de ensino.

Assim, resolvi compartilhar parte de um trabalho feito no meu curso de especialização sobre a matéria!

A “Educação a Distância  - EAD” apesar de nos parecer um conceito novo e revolucionário de distribuição e construção do conhecimento, na realidade não o é, contudo, apesar da construção histórica de tal metodologia educativa, ainda não se tem um conceito único e definitivo que caracterize tal fenômeno educativo, o qual para ser melhor entendido deve ser analisado juntamente com sua evolução histórica.

Com efeito a educação a distância enquanto sistema educativo não surgiu pensada como uma forma de substituir o método tradicional de ensino, o presencial, no qual há contato direto entre o professor, o detentor do conhecimento, e o aluno, o aprendiz, ou mesmo com  o objetivo de muitas empresas atuais, qual seja, de maximizar seus lucros, contratando poucos professores e tendo um número extremamente alto de alunos.

A educação a distância surgiu da necessidade de comunicação do conhecimento e de ensinamentos morais e religiosos quando não era possível a presença física de pessoas. Temos como exemplo um dos primeiros relatos documentados de educação a distância da história, quais sejam, as Cartas de São Paulo às primeiras comunidades Cristãs, no século I D. C..

Tais cartas, apesar de datar do século I, e não contarem com nenhum dos recursos tecnológicos dos quais dispomos hoje, descrevem bem a atual metodologia adotada atualmente na Educação a distância, como pode se ver esta estrutura na Primeira Epístola aos Coríntios, capítulo 4, versículos 14-17, in verbis:
Com efeito, mesmo que tivésseis dez mil pedagogos em Cristo, não tendes muitos pais. (...) É por isso mesmo que vos enviei Timóteo, meu filho querido e fiel no Senhor; ele vos lembrará meus princípios de vida em Cristo, tais como eu os ensino por toda parte, em toda as igrejas.

Observe que existe a figura do Professor, o qual está separado dos alunos pelo tempo e lugar, o Apóstolo Paulo, enviando conhecimento aos Alunos, no caso por meio de cartas encaminhadas à comunidade de Coríntios, que são assistidos por um Tutor, Timóteo, tendo este o papel de auxiliar na aprendizagem e manter contato com o professor.

Já no século XVI com a chegada da imprensa a troca de informações se intensificou, pois os impressos, que continham normalmente notícias, passaram a circular entre as cidades e por correspondência com mais rapidez.

Tem-se, contudo, como marco inicial da Educação a distância, o anúncio de um curso de taquigrafia realizado na Gazeta de Boston, em março de 1728 , pelo professor Cauleb Philips, no qual este desenvolveu um curso por correspondência prometendo levar a mesma qualidade dos cursos presenciais para quem não tinha condições de se estabelecer na cidade de Boston, EUA, para estudar.
Entre o final do século XVIII e início do século XX já se localizam algumas tentativas  de educação a distância, com estudos feitos por meio de correspondências.

Em 1905, 1914 e 1941 os Estados Unidos da América, alguns países da Europa e Austrália adotaram alguns cursos por correspondência, com a finalidade de dar instrução à população tão necessitada após o advento da segunda guerra mundial.

Na década de 1960 houve o grande avanço da educação a distância, pois com auxílio de rádio, fitas de áudio e vídeo e material impresso foram criadas as primeiras Universidades Abertas que propagaram a educação a distância e disseminaram esta modalidade de ensino pelo mundo, inclusive na américa latina.

Já no Brasil temos muitas experiências nesta forma de educação como, em 1939 com a fundação da Rádio Monitor, em 1941, com a criação do Instituto Universal Brasileiro, que visava levar educação profissionalizante para todo o país por meio de estudo por correspondência.

Em 1960 um movimento da Igreja católica chamado Movimento pela Educação de Base veiculava programas de rádio que visava a alfabetização de jovens e adultos, sobretudo os da Zona Rural que não tinham acesso à educação formal.

Na Década de 1970 foi criado o projeto SACI/SITERN visava levar a educação ao interior do rio Grande do Norte por meio da instalação de antenas de Satélite para educação por meio das TVs universitárias.

Tivemos ainda muitas outras iniciativas, como o Telecurso 2000 da Fundação Roberto Marinho, a Fundação Padre Anchieta, o Centro Educativo do Maranhão, entre outros que se utilizaram de métodos de educação a distância para disseminar o conhecimento pelo Brasil.

Na década de 1990 a educação a distância no Brasil foi institucionalizada com a criação da Secretaria Nacional de Educação a Distância e a criação da TV Escola, as quais visavam principalmente a formação de professores nos mais remotos locais do país que não contavam com Universidades.

Assim, podemos identificar no Brasil seis gerações de educação à distância, quais sejam:

1ª Geração com o uso envio de materiais por correspondências, entregues pelos Correios;
2ª Geração, teve início na década de 1970 com a criação das primeiras Universidades Abertas;
3ª Geração utilizando-se das multimídias interativas de telecursos para educação básica e profissionalizante, visando a universalização do ensino;
4ª Geração, surgida na década de 1990, com a aprendizagem flexível, baseada em redes de computadores, recursos de videoconferência e multimídia;
5ª Geração, foi desenvolvido o modelo inteligente de aprendizagem, no qual se utiliza dos recursos trazidos pela internet facilitados pelo desenvolvimento da WEB 2.0;
6ª Geração, que é a atual, na qual se visa a eficácia da aprendizagem, independente da tecnologia que se utiliza e se baseia na disponibilidade de tempo e local do aluno e não somente da disponibilização do conteúdo.

Assim, resta claro que a educação a distância apesar de ter nascido no início da era Cristã, século I, teve um grande avanço no final do século passado e início do século atual, passando a oferecer ensino e geração de conhecimento às pessoas independentemente da geografia ou tempo, eis que para a educação à distância desenvolvida por meio da internet professores, instituições e alunos podem estar em qualquer lugar do mundo e a qualquer momento, não necessitando estar todos ao mesmo tempo ligados à plataforma de aprendizagem, como o Moodle, por exemplo.

Visto que a educação a distância teve grande avanço histórico e atualmente faz parte integrante da vida da sociedade é necessário conceituá-la, tarefa nem sempre fácil, pois não há um consenso sobre o que seria essa modalidade de educação.

De início importante observar que existem críticas à própria expressão “Educação a Distância”, pois afirmam que o termo correto deveria ser “Ensino” a distância, uma vez que segundo alguns autores na modalidade não presencial não existe educação, que é um processo muito mais abrangente que o simples transmitir do conhecimento, sendo a educação um processo social do qual as pessoas se utilizam para se constituírem como seres humanos.

Apesar de tais críticas a expressão “Educação” a distância prevalece porquanto, não obstante o contato social seja mais dificultado pela distância física entre as pessoas, as atuais tecnologias  permitem uma grande interação social, seja por meio de fóruns, chats, videoconferências, redes sociais, etc., que permitem um desenvolvimento humano que vai além do simples acumular de informações, mas também transmite valores que são a base da educação.

Quanto aos conceitos de educação a distância, verifica-se que os autores normalmente valorizam muito as características físicas que envolve esta modalidade de instrução, ressaltando que professores e alunos estão fisicamente separados e ligados por ferramentas tecnológicas, como faz Maia e Mattar (2006, p. 6) que afirmam ser “A EAD (...) uma modalidade de educação em que professores e estudantes estão separados, planejada por instituições e que utiliza diversas tecnologias de comunicação”.

José Manuel Moran também insiste no conceito de presencialidade ao conceituar a educação a distância ao afirmar que:
Educação a distância é o processo de ensino-aprendizagem, mediado por tecnologias, onde professores e alunos estão separados espacial e/ou temporalmente.
o conceito de presencialidade também se altera. Poderemos ter professores externos compartilhando determinadas aulas, um professor de fora "entrando" com sua imagem e voz, na aula de outro professor... Haverá, assim, um intercâmbio maior de saberes, possibilitando que cada professor colabore, com seus conhecimentos específicos, no processo de construção do conhecimento, muitas vezes a distância.

Contudo, segundo o conteúdo apreendido neste módulo do Curso de Pós-Graduação, podemos entender que a principal característica da educação a distância vai além da simples distância física entre os participantes desta modalidade de ensino, mas se concentra na forma de apreender os ensinamentos e criar o conhecimento.

Portanto, na Educação a distância o professor, além da tradicional função de transmitir os conhecimentos sobre a matéria em estudo, também passa a ter a função de direcionar os estudos extra aulas, ser um incentivador das pesquisas  realizadas por seus alunos e orientador para se chegar ao resultado almejado, enquanto que o aluno que tem o controle e autonomia do aprendizado passa a ter papel de protagonismo em sua própria educação, tendo responsabilidade com o real aprendizado e realização pesquisas que complementem os conteúdos sugeridos, sendo que além de consumir de conteúdos o aluno passa a ser também gerador de conhecimento, socializando tais conhecimentos com os demais participantes desta modalidade de ensino.

   
CONCLUSÃO


Assim, diante da evolução histórica demonstrada e das principais características desta espécie de ensino, podemos conceituar a educação a distância como sendo a modalidade de instrução na qual o ensino é auxiliado por ferramentas tecnológicas que permitem aos alunos e professores estarem em diferentes lugares no tempo e espaço, propiciando uma maior responsabilidade do estudante com sua própria formação e também que este assuma um papel de protagonismo na geração de conhecimento e socialização deste com os demais participantes, sejam professores outros alunos.

Gostou? então ajude o blog fazendo uma doação, é fácil, só clicar no botão do PagSeguro - Uol aí em cima, é rápido e muito seguro.

Abraços!

Continuem mandando suas perguntas e dúvidas nesse campo de contato aí do lado, é só mandar, é fácil.

Comentem, compartilhem e cliquem aí no g+, o botão vermelho aí em baixo, isso ajuda a divulgar o blog e possibilita que outras pessoas nos encontrem no google, ou seja, você ajuda a que outras pessoas também possam ser ajudadas!

Sigam-nos no Twitter: dtoemcapsulas


Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário