segunda-feira, 2 de março de 2015

O CASAMENTO GAY


Recentemente o Papa Francisco anda fazendo declarações sobre os Gays (união homoafetiva) que causaram certa polêmica, por exemplo, em 2013 ele disse:

“Se uma pessoa é gay, busca Deus e tem boa vontade, quem sou eu para julgá-la?"
Depois o Cardeal de Nova York, Timothy Dolan, em entrevista ao programa “Meet the Press”, da emissora americana NBC, o cardeal ressalvou que o Pontífice não disse ser a favor do matrimônio gay, mas que “a Igreja deve buscar e ver as razões que levaram alguns Estados a aprovar uniões civis entre pessoas do mesmo sexo em vez de condená-las”.

Pois então, como é o caso do casamento Gay no Brasil??

Como eu já disse aqui, o Supremo Tribunal Federal, contrariando o texto literal da constituição, que diz que união estável é a união entre homem e mulher, sob o argumento de ter havido mutação constitucional, reconheceu a possibilidade do reconhecimento de união estável entre pessoas do mesmo sexo.

Tal fato começou um movimento muito grande no Brasil, culminando que em 2013 o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), que é o órgão que cuida da parte administrativa da justiça brasileira, aprovou a resolução nº 175, a qual proibiu os cartórios de se recusarem a realizar casamentos e conversões de união estável em casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Ou seja, no brasil, o casamento Gay é exatamente igual e tem os mesmos direitos dos casamentos entre pessoas heterossexuais, pode ir ao cartório, fazer os proclamas e se casar com o Juiz de Paz, sendo que se no futuro se separar serão protegidos pelas mesmas regras dos demais casais, como pensão, partilha de bens etc...


Prestem atenção em uma coisa, a igreja, como órgão livre e que tem regras próprias não pode ser obrigada pela justiça a realizar casamentos gays.

Gostou? então ajude o blog fazendo uma doação, é fácil, só clicar no botão do PagSeguro - Uol aí em cima, é rápido e muito seguro.

Abraços!
Continuem mandando suas perguntas e dúvidas, comentem e compartilhem!
Sigam-nos no Twitter: dtoemcapsulas

Nenhum comentário:

Postar um comentário